segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Saí pra lá Sanguessuga

Uma das coisas que mais me irrita na vida e gente querendo ser o que não é, ou querendo se promover as custas dos outros. Nas minhas vivências profissionais já presenciei pessoas que fazem de tudo pra se promover, subir de cargo, cria fofoca no ambiente de trabalho ao custo de um salário à mais acabam predendo até boas amizades; mas no samba , (na minha visão) existe uma coisa que me supreende ainda, A Vaidade Aguçada, seria hiprócrita se dissesse que não fico feliz e até um pouco envaidecida quando elogiada em uma música, em uma nova canção quando recebo comprimentos, enfim.... sou humana e possuo vários dos 7 pecados, porém com extrema franqueza não consigo entender quando vejo pessoas as vezes vaidosos a tal ponto de querer se destacar nas costas do outro, acho féio parcerias de sambas que sabemos e sabe-se no meio que são "parcerias" e o pior que aquele que as vezes só deu a idéia (de um verso) do tipo: Por que vc não coloca FLÔR ao invés de AMOR, tem a coragem pra divulgar parcerias por aí a fora , pior ainda são aqueles que no caso meu e de vários compositores que não tocam instrumentos harmonicos, agente canta o samba prontinho , prontinho (letra e melodia) e só por causa de um acorde ou porque descobriu o Tom, pedem parcerias e ainda divulgam : "o samba que fiz... com fulano".
Tem um monte desses aí, e o hoje esses se uni com outros desses e levam a estória adiante , e crescem e se manifetam em forma de plágios, discursos ensaiados , alguns até se caracterizam para o espetáculo, impressionam pela a parência e se perdem no conteúdo.
Hoje é muito fácil dizer ser sambista alguns arriscam em estufar o peito e dizem ser compositores, compra-se 1/2 dúzia de CDs de velha guarda, baixa uns artigos na internet, anda-se de branco , sapato 2 cores e pronto, sou SAMBISTA, mas e a alma de sambista a pulsação de sambista e o suor de sambista??? E o poder da inspiração, que vem do nada, a emoção de ver uma obra pronta , isso não têm preço...
Confesso por falta de paciência ou desleixo sou super desligada da história do samba em si, como nomes de compositores, datas; mas ninguém me vê por aí fazendo apologia ao SAMBA RAÍZ , pra mim samba é samba e pronto não existe esterióticos de samba assim ou assado, o que existe é samba bom e samba ruim (na minha opnião), quem sou eu pra críticar os maravilhos Partido Alto gravados na geração dos anos 80, por Zeca, Jovelina, Almir, Só Preto, Alguns grupos de SP, no entanto você vê uma par de "números recem chegados" expondo uma opinião copiada e ainda quem vêm de antes têm pisar miúdinho, ou já ser bem conhecido pra não ficar "Tirado" é muita regra, pra algo que é livre,que é do povo ,que é popular.
Desejo apenas as pessoas que graças á Deus vêem se interessando pela nossa cultura, apenas cuidado com as armadilhas que existem, siga apenas o coração , não o visual.

2 comentários:

Sandra disse...

Existe os sambistas de verdade, que dedica parte da vida em defesa do bom samba, existe os sambeiros, que pegam carona nas chamadas comunidades de samba,ou de outras formas, para se promoverem. Deles
tenho dó, porque não nasceram para ser sambista, o sambista ja nasce feito. Zanza, foi moldada por Deus para ser sambista, com muita inteligência, sem perder posturas, enaltece e dignifica nosso samba, acho que muita gente devia toma-la como exemplo, pois é adorando o bom samba que ela transmite para todos(Sambista de verdade)a importância que o samba tem em sua vida. Da pra ver que sem o samba ela não vive, mas é claro... .. ela nasceu pra isso, ela nasceu SAMBISTA .

Sandrinha Lima

Artur Guedes disse...

Zanza, infelizmente essas coisas não é privilégio nosso!! rsrs Vou deixar um link aqui, quando puderem deem uma olhada na postagem "CAROS AMIGOS" de 30 de janeiro de 2009.

http://www.sambadaouvidor.blogspot.com/


Mas uma hora a mascara cai!!!


beijos!!